sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Papai Noel vai vir de barco...

Refletia um pouco sobre o Natal assistindo ao especial de Madagascar (não o dos pinguins, o outro com todos os personagens) quando cheguei a uma conclusão importante: o Papai Noel não voa mais no trenó, provavelmente ele vem pelo mar... Vou explicar porque...
Antigamente era realmente uma boa ideia o uso do trenó voador, visto que àquela hora da noite o céu estaria disponível ao Papai Noel que teria que disputar só com um avião ou outro, mas atualmente a realidade é outra: há avião por todos os lados, cruzando por novas rotas todos os dias. E ainda há outro problema no céu: a visão do bom velhinho. "Mas ele usa óculos", você leitor diz, mas digo-lhe eu que não é dessa visão que falo. Estou falando de ver a cidade. Como ele e as coitadas das renas vão enxergar as cidades no meio das nuvens de poluição das grandes cidades? E convenhamos que um trenó daquele tamanho com não-sei-quantas renas na frente nunca facilitou a vida de ninguém...
Pensando em que possível atitude o Papai Noel tomaria cheguei à única opção viável: vir de barco... Isso facilitaria a vida de todos. Só seria necessário transformar a mágica de fazer as renas voarem em mágica de fazer chover... Como, no Brasil, se chover alaga, ele só teria que fazer chover um pouco e poderia circular livremente pelo país todo, só teria que aumentar a dose da chuva no interior, onde o presente seria a própria chuva...
Depois dessa reflexão sem futuro algum, eu concluo dizendo uma frase que li no jornal: Não faço compras de Natal porque não tenho saco pra Papai Noel... Hahahahaha

Nenhum comentário:

Postar um comentário