sábado, 24 de outubro de 2009

Parecia até uma fábula!...

Essa semana aconteceu um fato um tanto interessante e que vou levar em minha memória como uma lição aprendida: a vida, às vezes, imita a arte. Sim, a frase é nessa ordem mesmo. O referido fato parecia mais uma encenação de uma fábula infantil. Vou tentar explicar do modo mais detalhado possível.
Foi num desses intervalos de minha vida estudantil, em que eu estava conversando com as DDDs (pra quem não conhece, elas estão em alguns posts anteriores) e Kelvin, quando um outro amigo meu vem em minha direção, até aí tudo bem. Porém, durante o percurso ele é abordado por uma pessoa que diz, sem parar de andar: "Tô com sono..." Nada mais normal.
Seguindo seu caminho em minha direção mais uma pessoa sonolenta passa por ele e diz :"Que sono..." Mas o número de pessoas com sono ainda estava na média. E ele seguiu seu caminho.
Ainda em sua árdua missão de chegar a mim, ele seguia seu caminho quando mais uma pessoa com uma aparência de zumbi recém-ressucitado passa por ele e diz: "Tirei um cochilo massa..." Inabalado, ele seguiu seu caminho, pois já havia entendido as razões de tais efeitos naquelas pessoas.
Ao finalmente chegar a mim, ele percebeu minha confusão diante daquela situação e explicou sem titubear: "Foi aula de história..."
Moral: a história do Brasil é tão estimulante quanto o som do despertador numa segunda-feira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário