sábado, 30 de maio de 2009

O que será do Brasil...

Certas experiências por que passo na sala de aula me fazem pensar mais um pouco sobre aquela velha frase: "O futuro da nação são os jovens" (a frase é mais ou menos essa... foi o que deu pra lembrar dela). Pois bem, se os jovens são o futuro da nação e considerando, também, que meus colegas de classe fazem parte deste grupo de jovens, adianto-lhe, leitor, a perspectiva de que o Brasil vai à falência. "Por que?", o senhor me pergunta, e eu lhe respondo com três exemplos.
Como bem sabemos, a história é uma ciência que relata os fatos do passado, porém, a menos que os alunos pseudo-filósofos da minha classe tenham reinventado a história desse país, há uma revolta na história do Brasil que provavelmente foi recém descoberta pelos meus colegas: a "farinha sem osso e galinha sem pescoço". Vai ver foi contemporânea à comprovada "carne sem osso e farinha sem caroço"...
Mas não foi apenas a história que foi alterada, caro leitor... a nossa ortografia também foi alvo das mentes pensantes de meus colegas. Quando perguntado pelo professor Acácio, de biologia (sim, foi de biologia, não de português), o que é o "clímax", essa incrível resposta feriu nossos ouvidos: "Clímax é o clima com "s" no final"... Nossa, isso quer dizer que um novo som foi atribuído à letra "s", o som de "x" quando com som de "ks"!!! E ainda nesse português da aula de biologia, foi perguntado o que é "perniciosa", e foi-se respondido que "perniciosa é uma coisa cheia de pernas"... Incrível! Então, nessa linha de raciocínio, concluímos que "esputar" nunca foi cuspir e sim... enfim, não importa o que seria...
O que importa é que, ou nos mudamos do Brasil, ou viveremos num país com uma cultura um tanto confusa...

Nenhum comentário:

Postar um comentário